Você busca conhecimento achando que nunca sabe o suficiente?

Recentemente, terminei de ler o livro “Ouse crescer” de Tara Mohr e confesso que me surpreendi bastante tanto que gostaria de compartilhar uma parte específica do livro que me chamou bastante atenção e que considero pertinente para este espaço.
O livro tem foco nas mulheres, mas acredito que o raciocínio que ele traz seja aplicável para grande parte das pessoas. A autora trata de uma maneira bem coerente sobre quanto TRABALHAR exige IMPROVISAR, além de nos lembrar do que nos dedicamos a especializações e qualificações, quando na verdade, precisamos nos lançar.

Na rotina de trabalho, somos o tempo todo consultados com relação a diversas questões e, muitas vezes, com perguntas difíceis e inesperadas. E claro, não temos respostas prontas para tudo. Deparamo-nos assim com DESAFIOS e precisamos confiar na nossa capacidade de resolvê-los.

Excesso de preparação tem sido um padrão muito comum de comportamento que está se tornando mais um hábito do que uma escolha ou necessidade. Evitamos os desafios que exigem improvisação e para os quais não nos consideramos preparados. Sentimos medo.

Diante disso, é importante: avaliar o que já sabemos, confiar no valor dos conhecimentos que possuímos e nos expressar. Devemos aplicar habilidades que são até mais importantes como o carisma, a liderança, a inteligência emocional, a capacidade de resolução de problemas e tantas outras que possuímos e não valorizamos, acreditando que apenas “determinado curso” possibilitará o conhecimento necessário para a realização de algum trabalho.

É preciso valorizar aquilo que É NOSSO, buscar DESENVOLVIMENTO HUMANO, além dos conhecimentos adquiridos em cursos e livros.

Quando diante de desafios, não precisamos ter tudo “na ponta da língua”; é possível elaborar e retomar as informações posteriormente.
Enfim, é necessário enfatizar que as formações são sim importantes, mas que a busca incessante por elas não deve se tornar um empecilho para a prática. Não devemos achar que NUNCA estamos prontos ou preparados. O valor maior está em quem somos; a bagagem de conhecimentos só vai agregar.

Deixe a insegurança de lado e vá para a ação. Surpreenda-se com as suas habilidades!

Psicóloga Amanda Nunes

2 Comments on “Você busca conhecimento achando que nunca sabe o suficiente?

Adriana Rocha Figueiredo
julho 26, 2018 at 6:56 am

Excelente!! Preciosa reflexão!

Responder
amanda
agosto 1, 2018 at 8:29 am

Querida, obrigada pelo carinho!!
bjo

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *