Sobre o ciúmes

Muitos acreditam que sentir ciúmes é uma prova de amor. Prova de amor, é cuidar, respeitar, zelar, incentivar e construir uma relação baseada na segurança e confiança.  Já o ciúmes é um sentimento de posse.

Sentir um pouco de ciúmes é natural e faz parte da vida. Dependendo da intensidade pode representar insegurança, inferioridade, medo ou ciúmes patológico. Também é considerado uma resposta emocional de proteção ou uma reação de ameaça.

Pessoas inseguras e controladoras, tendem a sentir mais ciúmes, haja vista a baixa auto estima e a sensação de que sempre existirão outras pessoas melhores que a própria. Pessoas inseguranças tem dificuldade de reconhecer seu potencial, por isso buscam a comparação. Os comportamentos de controle da vida para com o outro, agressões físicas ou verbais e distorção de comportamentos, geralmente levam aos desgastes da relação e consequentemente ao fim.

Na maioria dos casos, quem é ciumento pensa que o outro é sua propriedade, fantasia determinada situação e acredita na própria, além disso cria momentos que não existiram. Quando exagerado, pode se  transformar em ciúmes patológico.

Por ciúmes patológico, de acordo com Kast, entende-se  sintoma de diversos quadros. O ciúme͞ normal͟ é transitório, específico e baseado em fatos reais. Já o patológico é uma preocupação absurda, sufocante e que suscita em muitos casos desejo de vingança. Apresenta um modo distorcido de vivenciar o amor, dado as oscilações, desconfianças, agressões físicas ou verbais e excessivo controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *